Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Delicada como um elefante

28
Jul18

“Louca” de Chloe Esposito

Bárbara

Sinopse

”Louca é um thriller passado em Londres e na Sicília, no espaço de uma violenta semana de verão, e que explora os temas do ciúme e do engano, do crime e da inveja. Uma gémea não só se apodera da vida perfeita da irmã, como se dispõe a continuar a vivê-la. Alvie Knightly está muito em baixo: sem objetivos na vida e a beber demais. A sua vida é ainda pior se comparada com a de Beth, a sua irmã gémea e perfeita. Beth casou-se com um italiano lindo e rico, tem um bebé maravilhoso e sempre foi a preferida da mãe. Há muito tempo que a única coisa que as gémeas têm em comum é a aparência. Quando Beth envia um bilhete de avião à irmã para que a visite em Itália, Alvie mostra alguma relutância. Mas quando é despedida do emprego que detesta e os companheiros de casa a põem na rua, começa a mudar de ideias e a pensar na luxuosa villa de Taormina. Beth pede à irmã que troque de identidade com ela durante umas horas, para poder escapar à atenção do marido. Alvie agarra com unhas e dentes a oportunidade de viver a vida da irmã, ainda que temporariamente. Porém, quando a noite acaba com Beth morta no fundo da piscina, Alvie dá-se conta de que aquela é a sua oportunidade de mudar de vida. E, afinal, o que escondia Beth do marido? E porque é que a convidou para ir a Itália? Alvie vai descobrindo segredos e mentiras à medida que mergulha mais fundo na vida da irmã morta. E terá de fazer de tudo para conseguir suportar as suas próprias mentiras.”

68F6FA2F-C0EB-4037-9355-29F4242F8F7A.jpeg

 

Já sabia que não o ia achar nada de especial nem ia continuar a trilogia mas até não desgostei. Tinha ouvido falar muito bem e muito mal.

Se se entender que a narradora é louca, percebe-se o baixo nível em geral e não se acha que o livro é uma porcaria. 

Se estão à procura de um triller, esqueçam... mas dá algum medo de uma pessoa que demonstra um bocadinho de instabilidade se poder tornar perigosa com as circunstâncias erradas.

A história é fluida e faz com que se queira continuar.

As referências são interessantes e tanto são de natureza popular como literária erudita.

Serviu o seu propósito de ser uma leitura “silly”.

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D